Sunday, May 5, 2013

Uma Reflexão sobre a Páscoa




Uma Reflexão sobre a Páscoa
Exodo 12:1-12


Texto Chave:  E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo.  Êxodo 12:14


Estudo de célula # 15 –  08 a 14 de Abril de 2013

Introdução:

Os elementos da Ceia do Senhor  simbolizam o Corpo e o Sangue de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que teve seu corpo partido e o seu sangue derramado, quando entregou Sua própria vida pelos pecados da humanidade. O ato da “Comunhão” ou “Ceia do Senhor”, não é algo desconhecido por aqueles que são cristãos, e jamais ficará obsoleto. E nem dever ser feito de uma forma ritualística. Se não cuidarmos, pode se tornar dentre muitas coisas, apenas um “hábito espiritual”, como cantar ou receber uma oferta.
Reconhecemos a Ceia por causa do significado da Crucificação de Cristo, e a relevância da última Ceia de Jesus  com seus discípulos, na noite anterior à sua morte.  Mesmo que naquela instancia tivesse um significado maior, não havia nada fora do normal na primeira Ceia. Era  tempo dos judeus celebrarem a Páscoa, a qual Deus os havia ordenado a fazer. A Páscoa era nada mais do que uma sombra desta última Ceia que apontava para a crucificação e morte de Cristo.  A Páscoa teve seu início numa noite de julgamento, quando o povo de Israel ainda estava no Egito.  E nela encontramos algumas verdades profundas, as quais eu gostaria de compartilhar  nesta noite.  

Desenvolvendo o assunto:
O Senhor falou por Moisés e Arão, e disse: “Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; “ (Êxodo 12:2)
Muito interessantes isto: No meio do ano, Deus dá ao povo um novo começo. A importancia maior tem a haver com a nossa Salvação. Não importa se o mês é Junho, Outubro ou Março, quando você pede perdão pelos seus pecados  e o sangue de Jesus toca o seu coração, neste momento há o início de uma nova vida e por isto  agradeço a Deus pela oportunidade que Ele nos dá de um novo começo.  
Diga ao irmão do teu lado: Páscoa é o princípio dentre muitos milagres de Deus em sua vida.
 O texto revela que nos primeiros dez (10) dias não era para eles fazerem nada.  Deveriam tão somente preparar-se mental e espiritualmente para aquilo que estava para acontecer. O julgamento viria, e somente os que fossem marcados pelo sangue iriam escapar. E é no processo da preparação e do compartilhar do cordeiro que eu gostaria de explicar. Encontramos aqui cinco (5) coisas específicas que nos chama a atenção:

I. Tinha que sacrificar um Cordeiro
O sacrificio desse cordeiro era um ato profético da morte de Cristo. O que para nós, já aconteceu. O Cordeiro de Deus foi morto e crucificado pelos pecados da humanidade. Este sacrificio aconteceu e o sangue  dEle foi derramado a mais de dois mil anos atrás.  Deus não precisa de alegorias, mas o faz por causa da nossa mente finita. Na Bíblia Jesus Cristo é representado na figura de animais.
Ex.: o Leão de Judá, A face do Boi, A face da Águia, mas especificamente na festa da páscoa ele é representado na figura do Cordeiro. O apóstolo Paulo se refere a Ele como o Cordeiro Pascal:
“Pelo que celebremos a festa, no com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia mas com os asmos da sinceridade e da verdade”  (I Co 5:8)

II. O Sangue deveria ser aplicado nos umbrais das portas.
Quando uma pessoa necessariamente faz isto? Quando ela se arrepende e confessa seus pecados e confessa Jesus como o seu Senhor e Salvador, naquele momento, O Sangue de Jesus purifica seu coração e ela fica livre do julgamento e da ira de Deus que virá sobre o mundo. O sangue, assim, tem que estar nos umbrais do seu coração para que você escape desta condenação.  
1.    Um Cordeiro, Vivo, Que Foi Morto, Que Derramou O Seu Sangue É Que Salva
·         Tenha hoje uma experiência com sangue do Cordeiro
·         Seja salvo pelo sangue do cordeiro. I Pedro 1:18-19
·         Seja justificado pelo sangue do Cordeiro. Rm 5:9
·         Seja purificado pelo sangue do Cordeiro. Jo 1:9
·         Seja liberto pelo sangue do Cordeiro. Efésios 1:7
·         Seja protegido pelo sangue do Cordeiro. Hebreus 10:19
·         Seja santificado pelo sangue do Cordeiro. I Pedro 1:2
·         Seja marcado pelo sangue do Cordeiro. Levítico 8:23-24
·         Seja vitorioso pelo sangue do Cordeiro. Apocalipse 12:11

III. Deveriam permanecer dentro da casa
O versículo 22 menciona “porém nenhum de vós saia da porta da sua casa até à manhã.”  Para nós significa permanecer na casa de Deus. Devemos estar em comunhão com Deus e com nosso irmãos em Cristo. Temos que permanecer dentro da casa. Todos nós precisamos da casa de Deus, porque é um lugar de alimento, de poder e oração, de exortação e encorajamento.  
Diga para a pessoa do seu lado: “Precisamos estar ligados à Casa de Deus, a sua Igreja”.
“Cresçamos em tudo naquele que é a Cabeça, Cristo, do qual todo o Corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do Corpo, para sua edificação em amor” . (Ef.4:15-16)

 IV. Tinham que comer o Cordeiro.
“... e tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem ...”  (Êx 12:7) Isto é extremamente importante, porque está relacionado  a Cristo e Sua igreja. Quando o sangue do Cordeiro é derramado sobre nós, recebemos o perdão dos nossos pecados e somos salvos, porém  precisamos continuar a compartilhar do Cordeiro. É interessante que não era para desperdiçar nada do cordeiro. Não deveriam deixar nada para o outro dia. Temos que alimentar de Cristo, comer e compartilhar da Sua Palavra diariamente e não permitir desperdícios. Diga: Eu quero mais dEle. Eu quero tudo dEle!

V. Tinham que chamar o vizinho e compartilhar o Cordeiro.
 Jesus Cristo, que é o Cordeiro de Deus, Ele é Grande, eternamente grandioso e mais do que suficiente para nós, e por isto devemos chamar nossos vizinhos, compartilhar com eles o Cordeiro que foi sacrificado. Isto é um chamado para todos nós. No Novo Testamento, vimos que Jesus veio primeiro para os judeus, ou seja, para a “própria Casa de Israel”, para depois ser compartilhado com os gentios, assim compreendemos que não existe necessidade de sacrificar outro cordeiro.Mas se a família for pequena para um cordeiro, então tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; cada um conforme ao seu comer, fareis a conta conforme ao cordeiro.”  (Êxodo 12:4)
Quando o Cordeiro de Deus foi sacrificado, Ele era e continua sendo tão imenso, tão grande, que Deus chamou não apenas a nação de Israel, mas todas as nações da terra para achegaram-se à Sua Mesa da Graça, e receber o Cordeiro que foi sacrificado desde a fundação do mundo!
Ele é tão enorme, tão grande, que povos e nações da terra se alimentam dele hoje! Todo aquele que vier, comerá do Cordeiro e participará da festa do Cordeiro de Deus. Se obedecermos ao comando de Deus e chamar os nossos vizinhos, nossos amigos e nossos familiares muitos virão e se alimentarão do Cordeiro.

Conclusão:
Apenas uma nota final que tem um significado importantíssimo: No versículo 3, temos  “Um Cordeiro”.  Já no versículo 4, é “O Cordeiro”, e no versículo 5 é “O seu cordeiro: (Conforme Biblia versão KJV).  Notamos assim a  progressão da Páscoa: Um cordeiro se torna O Cordeiro, e depois tem que se tornar o Seu Cordeiro. E quando um cordeiro se torna O Cordeiro, que agora se tornou o seu Cordeiro, então A Ceia do Senhor se torna mais significante e assim temos uma nova perspectiva a respeito da Páscoa. Esta noite Deus está lhe dizendo: “Coma do Cordeiro”. Ou seja esteja debaixo da autoridade do Cordeiro, e experimente a vida vitoriosa que Cristo lhe oferece e seja mais que vencedor.


No comments: